nutricao.org

nutricao.org

Login



Sais minerais Imprimir E-mail

Exercem uma função eminentemente plástica no organismo, tomando parte na formação dos tecidos que sustentam o organismo, do tecido ósseo e cartilaginoso, e participam da composição dos órgãos internos, glóbulos vermelhos, medula óssea, etc. A deficiência de minerais pode causar doenças como raquitismo (cálcio) e anemia (ferro). Destacamos o Cálcio, Ferro, Potássio, Ferro, Sódio, Magnésio. São importantes na formação dos tecidos, atuam no funcionamento das glândulas e músculos, participam na regulação do ritmo cardíaco e respiratório e na digestão e absorção dos alimentos.

Água, proteinas, gorduras, hidratos de carbono e vitaminas compõem aproximadamente 96% do organismo, os 4% restantes são constituidos por minerais, destes, 21 são considerados essenciais a nutrição humana: cálcio, fósforo, potássio, enxofre, sódio, cloro, magnésio, ferro, zinco, selênio, manganês, cobre, iodo, molibdênio, cobalto, cromo, silício, vanádio, níquel, estanho e fluor. Alguns minerais presentes no corpo humano não apresentam função conhecida (ouro, prata, alumínio, mercúrio, bismuto, gálio, chumbo, antimônio, boro, lítio) e outros não foram estabelecidos ainda como essenciais, participem de certas reações biológicas (arsênio, bário, cádmio, estrôncio, bromo). Quando presentes em quantidades relativamente grandes no organismo, os minerais são classificados de macronutrientes (cálcio, fósforo, enxofre, magnésio).

Quando encontrados em taxas menores recebem o nome de microminerais, Que essa distinção nada tem a ver com a importância dos minerais para o organismo, mais apenas com as quantidades nele encontradas. Os minerais essenciais tem função específica e indispensável, sua aparência pode levar a quadros graves como por exemplo cretinismo (carência de iodo), deficiência de crescimento (zinco), alterações ósseas e dentários (flúor), anemia perniciosa (cobalto).

Algumas fontes de minerais:

Cálcio: leite e derivados, couve, gergelim, amêndoas e algas.

Fósforo: Frutas oleaginosas, levedura de cerveja, trigo germinado, peixe, leite e derivados, gema de ovo.

Ferro: Algas, verdura, melado, gema de ovo, beterraba, frutas secas.

Iodo: sal marinho, frutos do mar, algas, agrido, alho, vegetais que crescem a beira mar, brisa marinha.

Magnésio: Frutas secas, verduras, mel, frutas oleaginosas e pólen.

Potássio: frutas, legumes e algas.

Zinco: frutos do mar, leite e derivados, trigo germinado, maxixe e levedura de cerveja.

Cobre: frutos do mar, algas, frutas secas, alho e verduras.

Cromo: cenoura, ervilha, cereais integrais e manteiga.

Enxofre: alho, cebola, agrião, couve, repolho, couve-flor.

Fluor: sementes de girassol, peixes, aves e carnes.

Cobalto: peixes, aves e carnes.

Selênio: ovos, carne, peixe, mariscos, cebola e alho.

 

 

 
 
Joomla 1.5 Templates by Joomlashack